II MARCHA DA CIDADANIA - 15/01 /2016 - CHEGADA EM ALTANEIRA

A II Marcha da cidadania contra a corrupção e pela vida, promovida pela Ação Cearense de Combate a Corrupção e a Impunidade realizada em parceria com a Força Tarefa Popular e movimentos da sociedade civil, chegou em Altaneira/Ce na manhã do dia 15/01/2016 por volta do meio dia. 


​Em Altaneira os ativistas sociais foram recepcionados na entrada da cidade pela Banda de pífano do Mestre Charles, pela Fundação ARCA, do Sindicato dos Servidores Municipais de Altaneira (SINSEMA) e pela sociedade civil em geral.


Acompanhados da Banda do Mestre Charles os ativistas  seguiram em direção a Fundação ARCA onde foi ministrada pela manha uma aula sobre transparência pública sob a responsabilidade de técnicos da CGU. Este evento também parte das atividades da Marcha da Cidadania.


A tarde os ativista realizaram a visita a Câmara Municipal quando foi realizada uma Sessão Extraordinária para receber os marchantes e após a seção os membros da ação analisaram as contas apresentadas por uma servidora da Câmara. ​​ A noite foiOferecido um curso de controle social ministrado pela CGU.

II Marcha contra a Corrupção E PELA VIDA

ALTANEIRA - 15-16/01 - AUDITÓRIAS ECÍVICAS E FISCALIZAÇÕES

II Marcha contra a Corrupção E PELA VIDA​​  

ALTANEIRA - 15,16/01/2016

VEJA O RELATÓRIO NA INTEGRA DA MARCHA 2016

ANTONINA DO NORTE E DEMAIS MUNICÍPIOS​​​

​​​​Ação Cearense de Combate a Corrupção e a Impunidade

Indícios de graves irregularidades foram indentificádas nas fiscalizações populares em Altaneira/Ce, tanto em obras de convênio federais, estaduais e com recursos próprios como também na saúde pública do município.


Das 10 obras visitadas in loco, 07 foram encontradas com as obras paralizadas e abandonadas, algumas com mais de três anos de abandono. Ainda foi constatado indícios de utilização de material de baixa qualidade e serviço mal feito e em desconforme com o plano de trabalho e memorial descritivo da obra.


​Na saúde pública foi indentificado casos de instalações e equipamentos que deveriam ter no hospital e nos postos de saúde, mas que não existem. Ainda a existência de alguns servidores que deveriam trabalhar 40 horas semanais mas que trabalham apenas um dia por semana, casos de servidores que consta um cago e exerce outro, e até casos de servidores que constam que trabalham mas que a mais de dois anos não trabalham mais.


​Foi identificado indícios de irregularidades no hospital e em todos os postos de saúde visitados.

​​II MARCHA DA CIDADANIA - 15-16/01 /2016  - ATIVISTAS VERIFICAM

PRESTAÇÃO DE CONTAS E FISCALIZAM IN LOCO OBRAS PÚBLICAS

VEJA TAMBÉM - I MARCHA DA CIDADANIA - 2015

RELATÓRIO NA INTEGRA - FOTOS - VIDEOS

INSCRIÇÕES PARA O II SEMINARIO

  A       C        E        C        C        I 

TRANSPARÊNCIA / ÉTICA / PROBIDADE / DESENVOLVIMENTO